Home > Navegue

AMIGOS

Os tempos são chegados e as dores se apossam dos homens imprevidentes, surpreendendo-os, criando, gerando dúvidas e questionamentos que, muitas vezes, não dão respostas, pois se esqueceram de suas atrocidades no passado distante e esquecido.

Surpresos, sentem-se vítimas de forças destrutivas, negativas, que destroem seus sonhos, projetos, frustram-nos de tal maneira que se fragilizam e deixam de lutar, batalhar, para vencerem o momento desagradável, difícil, sofrido e desesperançado.

Abatem-se na sua pouca e mal construída fé; deprimidos se fazem, esperando ajuda milagrosa para saírem da crise que sobre eles se abateu.

Buscam o milagre onde lhes parece poder acontecer; abraçam esperanças em filosofias até então rejeitadas ou ignoradas conscientemente; o tempo passa e nada acontece, até que um dia percebem que cabe renovar seus valores, descobrir seu potencial interno, modificar seus sentimentos, renascer como homem, indivíduo, cidadão e ser, que carece de evoluir, crescer, aperfeiçoar, para adequar-se às necessidades do homem da Nova Era.

Só então vão dar-se conta do tempo perdido, das ilusões cultivadas, dos enganos no selecionarem valores e da realidade de quem são, pois até então pensavam ser o que imaginavam, ser o homem ideal, responsável, justo, solidário.

Acordar é sofrido e difícil, mas não mais lhe será permitido transferir para o amanhã a sua reforma, ela exige que seja iniciada aqui, agora, pois o amanhã poderá ser duvidoso ou não chegar.

Apressar-se é o estímulo que lhes passamos para que não se retardem na caminhada libertadora, após queimaram resíduos de culpas passadas e esquecidas.

Os tempos de agora são purificadores para quem quer, deseja se fazer livre para um novo amanhã. Acreditem.

 

                                                                  Messias

 

Recebido pela Nydia em 22.07.2008

Revisão: Clovis