Home > Navegue

REVELAÇÃO

Não me sabia duplo, me pensava um homem inteiro.

Quando fui surpreendido pela avalanche das águas e por ela fui tragado quase morri de susto, vendo e assistindo um corpo de mim se distanciar levado rio abaixo.

Fiquei atônito, surpreendido é pouco, não tinha explicação para o que ocorria. Perguntava-me: Como isso acontece? Só o corpo morre ou eu estava ficando louco?

Foram instantes para não serem esquecidos, parado sem saber aonde, sem entender, fiquei esperando compreender que eu estava tão vivo apesar de ter perdido o corpo.

E agora o que iria acontecer?

Vi uma romaria se aproximando, tinham o coração iluminado e comunicavam paz.

Indaguei quem eram e o que queriam de mim.

Disseram-se socorristas e iam me levar a um bom lugar, e que eu não tivesse medo.

Deslocamos-nos sem precisar caminhar, surpreendente, em breve estaremos num lugar encantado de paz e luz.

Fui alojado num leito e alguém me disse: descansa.

Agora me trouxeram com ordem de voltar para dizer o que é a morte-vida, e entender o que é eternidade.

Como será o meu amanhã? Não sei... vou ter que esperar e viver o agora.

 

                                                                           Itamiro

 

Recebida pela Nydia em 02.12.2008

Revisão: Clovis

 

NOTA: esta mensagem é de alguém que pereceu afogado nas cheias de Santa Catarina, em fins de 2008, onde partiram para o outro plano cerca de 135 pessoas.