Home > Navegue

UMA PROPOSTA MAIOR

Neste ciclo que se inicia teremos muitos e grandes aprendizados, verdadeiras aulas de conhecimentos inimagináveis. A evolução nos arrastará a uma tomada de consciência de situações as quais não dávamos a devida observação por falta de conhecimentos, agora teremos que deles nos aprimorarmos se quisermos bem administrar nossas experiências existenciais.

Na nossa disciplina teremos mais cuidados com nossos compromissos, tarefas, nos faremos conscientes de que o amanhã poderá não existir, pondo-nos a risco de não cumprirmos a contento com a programação idealizada, para que crescêssemos, evoluíssemos e aperfeiçoássemos, transferindo para o incerto amanhã a tarefa do hoje.

Vamos aprender a entender o ensinamento sábio – o ontem é passado, o futuro carece de ser construído no hoje e passaremos a não perder tempo buscando situações ilusórias que a nada levam de positivo, mas servem para nos afastar do caminho de conquistas de valores essenciais.

Vamos descobrir nosso compromisso em cooperar por uma nova sociedade, que fará com que o Mundo seja o idealizado por tantos que pregam a paz, a solidariedade, a fraternidade e a justiça, para a união da humanidade.

Vamos aceitar a nossa condição divina, respeitá-la, e com isso assumir nossa dignidade, por vezes esquecida para que saciemos nossa vaidade, orgulho e prepotência, afastando-nos das regras do amor e compaixão ensinadas pelo Cristo nosso irmão maior.

Por todas estas considerações, está na hora de conhecermos e realizarmos os ensinamentos da nossa doutrina baseada nos Evangelhos dos discípulos de Jesus, tão esquecidos por tantos que se satisfazem dispondo de sua mediunidade e permitindo-se usarem de seu livre arbítrio com plena liberdade e irresponsabilidade, chegando, muitas vezes, a utilizarem seus poderes sem se lembrar que terão que colher o que semeiam, por admitirem que ao espírito tudo é permitido pela Lei do livre Arbítrio, mas que a Lei da Ação e Reação a complementa.

A hora não é só de despertar, mas de se fazer responsável após se conscientizar de que é preciso que cada um faça sua parte no grande concerto da vida, para que este planeta, que nos favorece aprender através da dor, da luta, do sacrifício, do sofrido resgate, possa amanhã tornar a nos receber, a fim de que possamos complementar nossa tarefa evolutiva num Mundo de Paz, união e fraternidade, por ter se feito harmônico nas Leis do Pai.

Não poderão esperar benesses nestes próximos anos que são fundamentais para alicerçarem as regras de vivência da Nova Era. O período atual será de turbulência, violência e agressividade e servirá para que sejam avaliados não só nas suas propostas, mas também nas suas realizações.

A escola dos homens está à disposição dos que almejam tornar-se um Novo Homem, pois a todos facultará em aprendizado, auxiliará a eleger novos valores, mas a ninguém aprisionará por ter passado a sua porta. Manterá sua liberdade de se distanciar e transferir para outro amanhã a sua tarefa redentora, pois somente se redime aquele que se conscientizou que só cabe a ele fazer sua mudança de um homem cristalizado para um homem renascido, capaz de assumir as regras e os princípios da Nova Era, assim como fez Francisco no passado, Tereza na atualidade, e tantos outros de maior ou menor porte espiritual. Todos eles foram tocados pelo chamado amor universal, e se mostraram capazes de sensibilizar o Mundo com seu desprendimento, solidariedade, coragem e fé, e se fizeram símbolos da fraternidade entre os homens seus irmãos: o homem Jesus, Ghandi, Luther King, João XXIII, Tereza de Ávila, São Francisco e tantos outros que tiveram cortados seus caminhos, por terem se mantidos fiéis à sua fé. Ainda hoje temos irmãos que se diferenciam por sua forma de servir amando a humanidade.

Nada do que acabamos de falar, relatar, é por vocês ignorado, mas é reconhecidamente difícil tomarem como exemplo para suas caminhadas pelo grau de evolução que possuem, mas que pode ser acelerada, pois depende somente de se conscientizarem de seus poderes e decidirem-se bem usá-los, para se transformarem em servidores do Pai junto a seus irmãos de caminho.

Encorajem-se, superem seus atuais limites e se transformarão em renascidos, para viverem em paz e harmonia na criação divina.

Que assim seja.

                                                                           Malaquias

 

“Fui solicitado a me fazer mensageiro desta proposta. O Pai os abençoe.”

 

Recebido pela Nydia em 10.11.2008

Revisão: Clovis