Home > Navegue

OS SINAIS DA CHAMADA

Não há demérito em trazer para o grupo o histórico de seu passado remoto e as consequências do mesmo na atual experiência.

Ninguém desconhece que as reencarnações são inúmeras, que a evolução nos permitiu uma grande caminhada e que trazemos resquícios que dificultam nossa renovação e impedem nossa libertação, retardando nos transformarmos em um novo homem.

O ciclo que se inicia para muitos que participam do processo de renovação, com consciência e responsabilidade, denota que poderão merecer uma oportunidade ímpar, conquistar o perdão e o afastamento daquele ou daqueles que, por longo tempo, foram seus impulsionadores, cobradores, elementos simbióticos por afinidade. Livres, poderão reconstruir suas caminhadas, graças terem se conscientizado de quem realmente são, pois se libertaram de preconceitos, descobriram que precisavam amar-se para poder amar seus irmãos, e capacitaram-se a servir amando embora a experiência sofrida de seu dia-a-dia.

O histórico do processo libertador carece da boa vontade de quem recebe a solicitação do interferidor, olhado, até aquele momento, como entrave para um viver tranquilo e gratificante, pois, até então, parecia uma convivência punitiva.

A oportunidade quando chegar vai carecer da atenção do premiado, vai exigir entrega total, pois é muito sacrificante, desestabiliza, desorganiza, perturba, cria dúvidas, inquieta e confunde os sintomas, por isso carece de ter fé, estabilidade emocional, sentir-se seguro na forma de se conduzir, para que o processo libertador se realize, a paz possa retornar e as esperanças se renovem.

Os sinais já estão acontecendo, e muitos foram desconsiderados, pois tão habituados estão a se sentir vitimados, que ainda não se permitem aceitar que são seus próprios algozes, eis que a semeadura do ontem estão a colher no hoje, visto que são herdeiros de si próprios e a Lei da Ação e Reação se faz presente na vida de todos nós.

Não transfiram no tempo a libertação, por ignorância, por descuido, por falta de reflexão, por hábito de sentirem-se vítimas de seus cobradores, quando a finalidade dos mesmos, junto aos frequentadores dos Grupos de Renovação, é impulsioná-los.

Desejamos que, a partir desta oportunidade, a tantos concedida, não transfiram para o amanhã o libertarem-se, libertando este ser amigo que se fez companheiro de jornada, impedindo que se retardassem por demais na caminhada evolutiva, renovadora, libertadora.

É um grande momento, podem crer, é difícil, sofrido, desestabilizante, mas lhes fará descobrir quem realmente são, porque enfrentaram tantas dificuldades pelo caminho – por terem esquecido de seus propósitos quando aqui chegaram, graças ao bendito processo reencarnatório.

Não se percam em dúvidas, acreditem que o amor tudo transforma. Amem-se e terão forças para a libertação, e outro será o novo amanhã.

 

Messias, porta voz de todos que estão empenhados nesta tarefa de renovação após a redenção.

 

 

Recebida pela Nydia em 29.03.2009

Revisão: Clovis