Home > Navegue

QUATRO PALAVRAS

Não há como dissociar estas quatro palavras: – Nossa Casa – Dona Nydia.   

Quem chega à Nossa Casa, hoje, não tem ideia do que foi preciso enfrentar para chegar à atual estrutura material e funcional, não imagina o quanto de atenção, dedicação, entrega, renúncia, foi preciso não só de quem é, foi e sempre será a cabeça do corpo Nossa Casa – Dona Nydia – como de todos que se uniram na tarefa de tornar realidade uma escola para o homem do amanhã, baseada nos fundamentos do servir amando.

Conseguem vocês, hoje, aqui, agora, imaginar o tanto de trabalho que foi preciso? Quantos enfrentamentos, desafios, confusões de rumo, tiveram que ser saneados? Quantos colaboradores tiveram que ser alentados, estimulados, apoiados para que tudo ficasse a contento?

Com certeza ninguém ignora que tudo que foi e será executado para o bom andamento da Nossa Casa, foi e é orientado pelo plano espiritual.  Perguntarão alguns: – Então qual é o mérito desta Dona Nydia, se qualquer outro poderia ter seguido as instruções do plano maior? Será? Será que você que fez este questionamento, teria tido a coragem suficiente para encarar tal desafio? 

Podemos ter como parâmetro a realidade da Nossa Casa atualmente. Para conseguirmos trabalhadores conscientes e responsáveis, dispostos a integrarem-se de corpo e alma à tarefa do Servir Amando faz-se necessário, muitas vezes, uma intervenção quase direta do astral, para que uns e outros despertem para a oportunidade que lhes está sendo oferecida, então como considerar que qualquer outra pessoa teria tido a mesma condição para dizer SIM ao projeto gerado e orientado pela espiritualidade?

Observamos a tudo e todos, durante todo o período em que esta estrutura material foi erguida, acompanhamos todos os desdobramentos, todo movimento de irmãos que chegavam e logo partiam, dos que chegaram e permaneceram, dos que fizeram sua tarefa com denodo e voltaram para a espiritualidade, assim como permanecemos atentos a todos que continuam buscando fazer o melhor que suas condições permitem. 

Temos constatado que a grande maioria considera ótimo estar na Nossa Casa, entretanto, alguns se dedicam a criticar, desqualificar, menosprezar o muito que os dedicados de alma e coração fizeram e, com os novos agregados, ainda fazem.

Queremos pedir que tenham, principalmente, com os membros basilares desta Casa, o máximo de cuidado, atenção, carinho e respeito, pois que assim como se não fossem seus pais vocês não existiriam, se não fossem estes precursores também esta Casa que os recebe – sempre – de braços abertos aqui não estaria.

Não se julguem sabedores de um conhecimento que ainda não possuem, não se considerem imunes aos enganos de avaliações, não se coloquem como modelos para ninguém enquanto não tiverem a humildade de reconhecer que nada mais são do que obreiros oportunizados pelo plano espiritual, para desfrutar do privilégio de um aprendizado em ambiente acolhedor e junto a irmãos fraternos e generosos.

Voltamos então às nossas quatro palavras e acreditamos que tenham entendido a motivação para este comunicado. Sabemos que esta trabalhadora não aprecia homenagens e reconhecimento explícito, entretanto, não podemos deixar de dar a ela o nosso obrigado respeitoso, fraterno e amoroso por ter nos possibilitado executar uma tarefa que junto com ela e seus colaboradores diretos, nós também assumimos.

Ela não é unanimidade entre seus iguais, mas merece de todos, INDISTINTAMENTE, o máximo de aplausos pela maneira corajosa com que se empenha pelo melhor para a Nossa Casa.  Como ser humano ela tem as mesmas dificuldades, anseios, temores e momentos de dor e de alegria, como qualquer um de vocês, afinal ela também precisa fazer seu aprendizado – o diferencial – é que se disponibiliza ao plano maior com extrema honestidade e dedicação, tendo se tornado figura indissociável da Nossa Casa, tanto na esfera material quanto espiritual.

Para ti, irmã de aprendizado, companheira incansável nas tantas lutas deste viver, apresentamos nosso grande, imenso, MUITO OBRIGADA, e nosso pedido ao Pai Maior que te mantenha sempre envolvida no manto misericordioso de sua proteção.

Nossa Casa – Dona Nydia – aqui e aí integrados para ofertar a todos a possibilidade de crescer, evoluir, através do Servir Amando – significativo de respeito, proteção, acolhida, generosidade, perdão e muito amor.

A paz e a luz se façam presentes nos espaços físicos e nos integrantes da família Nossa Casa.

 

Irmãos da Fraternidade Maior

 

Recebido pela Magali em 23.08.2009

Revisão: Clovis