Home > Navegue

A HUMANIDADE ESTÁ DOENTE

O ato de viver é a suprema Misericórdia da Vontade Divina. Aproveitar essa experiência como aprendizado é usar a inteligência adquirida ao longo das experiências corpóreas.

O homem veio ao Planeta Terra para expurgar do recôndito do seu ser suas mazelas, tentando mais uma vez aproveitar a oportunidade Sagrada.

Novamente na história da humanidade está ocorrendo o fenômeno de separação do joio do trigo. Essa separação é educativa, pois o homem ainda não consegue compreender a suprema Misericórdia do Pai Maior.

O estágio evolutivo pelo qual passa a Terra é mais um novo ciclo de aprendizado para aqueles que, um dia, aqui chegaram primitivos em suas emoções.

Hoje, um pouco mais amadurecidos, já estão prontos para partirem para estágios mais evolutivos, entretanto, ainda há os que permanecem num nível primitivo, àquele em que o instinto ainda fala mais alto. A estes a Misericórdia Divina determina escolas mais rígidas, onde a dor e o sofrimento serão companheiras de caminhada.

 Não pensem, porém, que serão abandonados, porque isto não acontecerá. Todos serão auxiliados por irmãos abnegados no Amor Fraterno. Todos serão acompanhados, pois o Pai não abandona a nenhum de seus filhos, Ele apenas dá a cada um segundo suas obras.

A Casa do Pai Maior é de todas as criaturas, mas somente poderão se reunir junto a sua bondade os que tiverem vencido a si mesmos e, para que isto aconteça, Ele oportuniza a todos sem distinção. A escolha desse aprendizado é concedida através do livre arbítrio.

Pelo amor ou pela dor, a escolha é de cada um.

Ele sempre estará ao nosso lado, acolhendo em cada momento independente da escolha que fizermos.

A humanidade está doente e o remédio está em cada Ser que consegue encontrar dentro de si o Amor e a Fé na Misericórdia Divina.

Vamos acender a luz que habita em cada coração e assim iluminar a caminhada para que ela se torne mais clara.

Que a sombra da ignorância nos faça despertar para um novo amanhã, onde a Fraternidade e a Solidariedade façam moradas em nosso viver.

Que as bênçãos do Pai Maior encontrem eco em vossos corações.

Paz e Luz.

 

 

 

Recebida pela Isabel Oliveira em 19.05.2010

Revisão: Magali