Home > Navegue

RESIGNAÇÃO

A resignação anda junto com a aceitação e não significa desistir, mas apenas aceitar os limites que – ainda que não lembre – foi aceito por você antes de retornar a este Plano Vivencial.

Resignar-se é confiar que acima de sua vontade está a Vontade Divina, acima de seu querer está o que verdadeiramente é preciso que cada um tenha – e seja – para evoluir, objetivo primeiro de sua presença neste Planeta.

Resignar-se é aceitar que você não é onipotente, não detêm todos os conhecimentos e poderes que almeja, nem tão pouco, terá seus desejos atendidos como e no momento que espera.

Resignar-se é aceitar com serenidade a perda de alguém que lhe era valioso, sem revolta, sem excessiva angústia; é entender que a dor física que em alguns momentos o leva ao desespero, poderá não ter o alívio esperado, mas lhe serão alcançadas as condições de equilíbrio para suportá-la; é ter humildade para reconhecer que por mais que faça alguns objetivos que você considera tão importantes, não serão alcançados e que isto ocorre justamente para que a lição da humildade seja apreendida.

Ter resignação não significa desistir ante a primeira dificuldade, mas sim reconhecer quando não há mais o que fazer, dentro de suas possibilidades e que, portanto, de nada adiantará recorrer a meios diferenciados na busca de soluções que, provavelmente, não serão encontradas, servindo apenas para lhe ocasionar esperanças vãs e – ainda – desequilíbrio energético.

Muitas vezes ouvimos um: – “desisto, não aguento mais”, que nada mais é do que um fraquejar sem consciência, pois se este desistir consciente fosse não seria expresso deste modo, mas por um: – “fiz o que podia, agora entrego nas mãos de Deus”, ou seja, conscientemente estão a “entregar” nas mãos Divinas aquilo com que já não conseguem lidar. Importante lembrar que TUDO sempre está nas Mãos Dele.

Sabemos que a Resignação é – talvez – o sentir mais difícil de ser assimilado e posto em prática, uma vez que requer confiança absoluta em um Ser Supremo e em sua Misericórdia e seu Amor, entretanto, podemos lhes garantir que quando ela se instala, trás consigo serenidade, paz e um profundo bem estar.

Assim, se você está elaborando uma perda, sentindo dores físicas, sofrendo rejeições afetivas, padecendo de carências materiais, vivenciando angústias de alma – não desista de entender e aprender o que for possível com este seu momento – já que conforme assimilar a lição irá se resignando e deste modo evoluindo como Ser em Aprendizado.

Deixamos com você nossas vibrações de equilíbrio, serenidade e breve e pronta Resignação ante este instante que lhe parece tão incompreensível, injustificado e sofrido.

 

                                                                                              Anabando

 

 

Recebida pela Magali em 12.07.2010

Revisão: Clovis