Home > Navegue

EVOLUÇÃO

Muitos são os caminhos que levam à casa do Pai, no que diz respeito à fé que cada um professa.

Independente, porém, dos credos individuais a estrada é uma só e abrange todos os seus filhos.

Há os que enfrentam os aclives existenciais, esforçando-se para superar o esforço necessário para atingir o topo e o fazem com fé e coragem.

Há os que estão num patamar onde se permitem o refrigério de suas agruras e a absorção das energias facilitadoras do seguir adiante.

Há os que percorrem os declives, freando-se em seus ímpetos para não deixar para trás as lições que precisam ser assimiladas.

O que mais nos parece significativo é a maneira como, tanto uns quanto outros, se comportam em relação aos demais companheiros de caminho.

A fé de cada um não é dimensionada por seu empenho no cumprir a tarefa de avançar evolutivamente, mas muito mais pelo modo como, se confiam plenamente no amor do Mestre, se posiciona ante seus iguais.

Mesmo não se considerando em que ponto do trajeto se encontra, é preciso que destaquemos o muito de generosidade que se observa naquele que, fraternalmente, estende a mão ao que está com maiores dificuldades.

Quem está no esforço da subida, no repouso de recuperação energética ou na descida que, ainda que pareça mais fácil é a que mais exige conscientização, tem condições de impulsionar o que está sem forças, compreender o que não consegue assimilar o aprendizado, para poder seguir em frente, e fazer-se apoio ao mais fragilizado.

Qualquer que seja a etapa que estão vivenciando há, também, que permitir sem receio, que aquele que estiver mais apto passe à sua frente, pois cada um tem um ritmo que lhe é próprio, um entendimento diferenciado frente a idênticos desafios e, quem sabe, está se situando de modo mais responsável frente ao que lhe cumpre executar.

Não olhem para seus companheiros, em nenhuma situação, como inferiores, lentos, desinteressados, imaturos em seu ser e fazer, uma vez que, nenhum de vocês é dono de algo que não esteja ao alcance do outro, em questões de aprendizado, principalmente, do Servir amando.

Esta Casa é uma escola, onde variados são os alunos e amplas são as diferenças posturais de cada um, portanto, mantenham sempre o foco no modo como, quando e através de quem, um aprendizado lhe está sendo oportunizado.

Não esqueçam que todos devem estar caminhando na mesma direção, evoluir e evoluir, portanto, comportem-se como aprendizes fraternos, generosos e responsáveis por si e por seus semelhantes.

Sigam suas jornadas, contando com nosso apoio e proteção.

 

Álvaro

 

 

Recebida pela Magali em 01/08/2012

Revisão: Clovis