Home > Navegue

ESCLARECIMENTOS

Queremos falar aos filhos de Aura Celeste, frequentadores desta Casa, sobre a importância de deixarem de lado as interpretações que acoplam, nos diversos papéis que desempenham na existência humana, para melhor interagir com seus iguais.

Estão todos em busca do rumo adequado para alçar-se, ao retornar à espiritualidade, a um espaço de acolhida afetuosa e protetora, mas esquecem que se em suas rotineiras práticas materiais agregarem um falso sentir e/ou pensar, suas atitudes estarão por tais posturas contaminadas.

É preciso que desempenhem, com franqueza transparência e extrema honestidade, cada função que a vida material lhes solicita.

Na tarefa profissional posicionem-se como tal; no convívio familiar e afetivo, expressem suas vontades de modo franco, sem subterfúgios; no contato com os amigos, sejam verdadeiros em suas manifestações e, principalmente, em suas práticas mediúnicas deixem de lado a vaidade, o orgulho, a arrogância e façam-se canais comunicativos, de qualquer ordem, límpidos e honestos.

Alguns denominam os papéis que desempenham como máscaras, entretanto, nós entendemos que, em realidade, são interpretações de algo que pode ser mais autêntico.

Uma sugestão que podemos dar é que se comportem, quando em contato com o outro, em qualquer circunstância, como se estivessem, e talvez estejam, diante de um Ser especial, frente ao qual não há como usar de disfarces, pois ele tudo percebe.

Não façam uso de simulações, nem mesmo quando estiverem sós, pois acabarão por também fazê-las na convivência com o outro.

Referindo-nos mais especificamente à área espiritual, onde praticam suas mediunidades, pedimos que não se deixem levar pela magnificência de uma incorporação, acreditando que se tal está ocorrendo é porque são especiais, mais elevados do que os demais.

Não permitam que passem a considerá-los como guias diferenciados, donos de uma condição espiritual que, no mais das vezes, não corresponde aos seus estágios evolutivos.

Outro aspecto a destacar é a conduta a ser adotada, mesmo na manifestação de um Ser mais esclarecido, que é não comunicar a quem está sendo atendido algo que poderá ferir sua suscetibilidade e torná-lo descrente do que até então acreditou.

Tudo que acabamos de referir está diretamente ligado às interpretações acopladas aos papéis que desempenham, pois ao se considerarem mais evoluídos, devido a ocasionais incorporações de Seres mais esclarecidos, podem permitir que a vaidade também se acople e, acabem por misturar o que sentem com o que os Seres expressam.

Sejam vigilantes em suas condutas, buscando a clareza em todas suas funções e tarefas.

Nossa tarefa, nesta oportunidade, é sermos esclarecedores.

Luz e Paz!

 

Álvaro

 

Recebida por Magali em 11/08/2013

Revisão: Clovis