Home > Navegue

VIVAM A VIDA NA MATÉRIA

Fiz por ti uma oração

Dediquei-a com carinho

Ao Ser especial que és

E que está tão sofrido

 

Roguei ao Pai

Que a luz brilhasse

Em teu caminho

Não notaste a claridade

 

Toquei teu ombro

Com suave ternura

Sentiste o toque

Imaginando ser um inseto

 

Era eu

Querendo te despertar

Para o valor

De ter uma embalagem física

 

De poder abraçar

Acarinhar e cuidar

Dos afetos que te rodeiam

Sem necessidade de intermediários

 

De poder ser

Amado e afagado

Sentindo o calor

Do abraço do outro

 

Na espiritualidade

Existe amor, afeto

Mas sem a conotação

Que existe na matéria

 

Assim

Não te descuida

Dos que contigo convivem

Aproveita os toques dados e recebidos

 

O que te digo

A outros serve

Pois muitos agem como se houvesse

A eternidade da vida material

 

Porém, quando o momento do retorno

Dá seus sinais, ficam assustados

Sentindo-se traídos

Pela vida

 

Não foi a vida

Que os traiu

Foram vocês

Que traíram a vida

 

Não a vivendo

Como era preciso

Desdenhando a chance de serem

Autores de suas histórias.

 

Alícia

 

 

Recebida pela Magali em 04/06/2013

Revisão: Clovis