Home > Navegue

JARDINS DA ALMA

Hoje, queremos convidá-los a um passeio pelos jardins de suas almas, onde as belezas mais sublimes se encontram.

Sigamos pelo jardim florido da paciência, aquela que precisa sempre ser cultivada para amenizar os embates da vida física.

Caminhemos entre as árvores frondosas e diversificadas, com suas folhas soando a musicalidade que o vento da esperança lhes alcança.

Percorramos o jardim do afeto, da amizade, com seus lindos amarelos girassóis que os estimula à, assim como eles, se voltarem para o sol, que embeleza a natureza e os deixa aquecidos.

Sigamos em direção ao jardim da serenidade, repleto de miúdas flores que se espalham pelos canteiros, formando agrupamentos delicados e sugestivos do que nele se encontra.

Passemos, agora, ao jardim onde além das flores, das plantas e das árvores, estão os lagos da cumplicidade, já que em suas águas vocês podem levar quem mereça suas companhias.

Entremos no único jardim que possui um portal de acesso, pois é onde se encontra o mais procurado, difundido e ansiado dos sentimentos, aquele que chamam amor.

Este jardim tem um portal, porque o sentimento que nele floresce requer honestidade de propósitos e fidelidade.

Logo adiante está o jardim da tristeza, em que as flores estão sem brilho, o ar não é perfumado, mas que precisa ser considerado, pois faz parte, também, de suas almas e requer um cuidado que, talvez, não esteja recebendo.

Pulemos ao jardim da alegria com o canto de seus pássaros, a diversidade de suas coloridas flores exalando o odor da terra úmida, da grama recém-plantada, local onde podem encontrar uma fonte de águas abundantes que lhes molharão as preocupações deixando-as atenuadas.

Vamos invadir juntos, o jardim repleto de flores brancas e pequenos anjos colocados em alguns pontos, que acolhe a paz que tanto anseiam e nem sempre buscam em si mesmos.

Avancemos mais um pouco e vamos visitar o jardim da fé, aquela que move montanhas e a qual não recorrem, às vezes, nem para mover pequenos contratempos.

Vejam os tesouros que estão contidos em suas essencialidades, local de todas as respostas, e soluções, que estejam a necessitar.

Apresentamos seus jardins separadamente, porém acreditem, juntos, formam um único e precioso espaço onde se mesclam as flores, plantas, árvores, pássaros e lagos dos sentimentos mais nobres que cada um possui.

Esperamos que tenham gostado de nosso passeio, e agradecemos, também, por nos terem permitido guiá-los, pelos escaninhos de suas almas.

Envolvam-se na fé e no amor, dos jardins mais significativos que possuem.

 

Anabando

 

Recebida pela Magali em 17/04/2014

Revisão: Clovis