Home > Navegue

UMA PRÉDICA

Senhor, acolhe a bagagem de minhas dores, que está tão pesada!

Sei que sempre me proteges e amparas, mas sou falho e, muitas vezes, como agora, me sinto enfraquecido e sem ânimo para seguir adiante.

Tu és sempre amor e misericórdia e confiante nisto venho, humildemente, colocar-me aos teus pés em busca de socorro.

Sabes, Senhor, que nossa existência neste plano é repleta de desafios os quais, às vezes conseguimos sozinhos enfrentar e outras em que precisamos de Tua ajuda.

Olha, Senhor, as marcas que trago na alma, resultantes do que já foi encarado e superado e derrama sobre elas o bálsamo regenerador dos resquícios doloridos.

Não me considera um filho ingrato, pois sei o quanto já fizeste por mim, mas sou um de teus filhos que se sente frágil para superar os embates que ora se apresentam.

Recebe Senhor e drena com carinho, as asperezas dos sonhos sufocados, das frustrações engolfantes, das expressões escondidas pelo medo da incompreensão e intolerância dos outros.

Estamos todos vivendo nossas experiências evolutivas, porém, às vezes, quando nos dedicamos a apoiar alguém, acabamos sofrendo por nossas dificuldades e por situações que não nos pertencem.

Olha para mim, Senhor, com teu olhar de Pai amoroso e me alcança teu colo sublime, para que eu possa fechar os olhos, respirar profundamente e deixar-me ficar na firmeza de teu afago.

Sou reconhecidamente agradecido por todos os momentos em que, com paciência, me ouviste e permitiste que teus mensageiros me alcançassem o que eu precisava.

E é confiando em Teus gestos de perdão, compreensão e amor, que estou recorrendo a Ti, Senhor.

Permite que eu seja envolvido e sinta, em profundidade, a energia da positividade e resignação frente ao que não me possa ser alcançado.

Perdoa-me por, mais uma vez, apresentar minhas fragilidades, porém sei que me entendes e que farás por mim o que eu merecer.

Obrigado, Senhor, obrigado.

 

 

Recebido pela Magali em 12/07/2014, na Catedral de Canela

Revisão: Magali