Home > Navegue

A HISTÓRIA DO HOMEM

Na memória do Mundo está registrada a história do homem, conta seu progresso e fala de sua evolução, assim foi e será, registro histórico de sua caminhada planetária.

Ciclos mais rápidos e intensos, outros mais lentos e de pouca transformação, marcando o tempo, definindo épocas e registrando a evolução deste ser complexo que é o homem.

Em termos de eternidade vem fazendo sua caminhada passo a passo, realizando descobertas de seu potencial e alicerçando valores na grande escalada de ascensão rumo a um aperfeiçoamento, crescimento, através de seu eterno renascer, pois precisa atingir a plenitude como homem e ser que é.

Nas fases de transição, geralmente enfrenta crises que avaliam suas condições evolutivas, por vezes penosas, difíceis, para as quais nem sempre tem a ideal condição. Então colhe frustrações, desaponta-se com sua fragilidade e impotência diante das barreiras a enfrentar, mas, mesmo assim, não lhe é dado desistir pela eternidade da vida.

Transferido para um futuro amanhã, não o exime de novas experiências e com isso vem reforçando seus poderes e valores, por ter descoberto o poder infinito que o faz um eterno lutador no seu processo evolutivo.

Ontem desenvolveu, por força das circunstâncias, o poder e a força física, exercitadas na sua vivência em contato com a natureza. Mais tarde, tendo despertado a consciência, desenvolveu o raciocínio e foi capaz de direcionar seus passos assistido pela razão. Ajudou no crescimento e evolução da vida planetária, uma era de descobertas em prol deste homem que conquistou os benefícios da era científica e tecnológica, e colheu as benesses delas resultantes.

Agora está sendo convidado a participar de um novo estágio evolutivo e, para dele participar, carece de adquirir os valores que o diferenciaram do velho homem de ontem. Para isso, precisa libertar-se da prepotência, do orgulho e da vaidade, que até aqui alimentaram a ilusão de quem pensava ser o maior, o melhor, o todo poderoso senhor da humanidade, o Mestre, o comandante em chefe das grandes organizações sociais.

Convivemos hoje com o estertor de uma humanidade a beira do caos; com lutas que se eternizam entre povos irmãos sedentos de poder; com a revolta da natureza em conseqüência do desrespeito dos homens pelo seu direito à vida e ao cumprimento de seus compromissos para com todos os homens; enfim, podemos comprovar que os homens constroem e eles mesmos depois destroem seus sonhos, realizações e conquistas.

É hora de pensar e refletir:

– O que vai acontecer no amanhã? Para onde estamos caminhando?  O que podemos fazer para conquistar a paz, a harmonia, a união dos povos pregada por Aquele que se imolou na cruz em nome do amor e da fraternidade, salientando nossa irmandade universal?

Se não começarem a refletir agora, num breve amanhã despertarão à beira de um precipício e, quem sabe, se fará tarde demais para salvarem este planeta de sua total destruição, acabando de aniquilar a condição de alimentar a vida da natureza e do homem que nele se instalou para crescer, evoluir, aperfeiçoar e se fazer a imagem do Pai.

Respeitemos a vida em todas as suas formas de manifestação, é o nosso convite a todos que despertam , ouvem o chamado vem e ajuda, servindo com amor à causa nobre, à instalação de uma Nova Era na humanidade.

Obrigado por tentarem cooperar com esta justa causa, em prol de um Mundo Melhor para os filhos do Pai.

 

 

Messias, o portador da boa notícia: ainda há tempo, não desistam, não desanimem, há sempre um novo amanhã.

 

 

 

 

 

Recebido pela Nydia em 02.02.2007.

Revisão: Clovis