Home > Navegue

COLORINDO FASES

Não importa em que fase de sua vida você está, interessa-nos, sim, como a vivencia.

Existe a fase amarela, iluminada, solar, onde a realidade é plena de descobertas e nada mais é preciso do que buscá-las.

Após, você entra na fase verde, quando pleno de esperanças e sonhos, sente que as oportunidades são infinitas e que tudo está a seu alcance.

Depois se apresenta a fase azul, para a qual você se preparou e acredita que os fatos e as pessoas corresponderão ao que foi planejado.

Em seguida, quase magicamente, quando observa em torno, compreende que está na fase cinza, onde é entendível que você já não pode tudo e é, também, quando a crueza da realidade o faz menos ambicioso, materialmente, mas pleno de anseios espirituais.

Neste período se torna preciso dedicar-se à sua religião, às atividades de compartilhamento, à ampliação de seus conhecimentos e conscientização de que a etapa cinza, que está vivendo, começa a perder a vibração e vai, a cada dia, tornando-se mais tênue, até que chegue ao ponto de embranquecer.

O momento do retorno.

Quando ele chega, é hora de transformar as cores vividas em um infinito arco-íris, onde no fim do mesmo não estará um baú cheio de preciosidades – o tesouro – mas o somatório de tudo que foi vivido.

Mescladas estarão as cores de suas fases – amarela, verde, azul, cinza e – quem sabe – muito vermelho de paixão, laranja de energias positivadas e um branco reluzente de paz e alegria, por ter conseguido completar o mapa colorido de sua existência.

Chegando o momento do branco, não tema, pois alguém estará pronto a recebê-lo apresentando-se na cor que mais significou em sua vida e na qual você foi mais feliz.

Pintamos com as cores mais suaves os desafios enfrentados em cada etapa, com a certeza de que o melhor foi realizado, que os temores foram abrandados e a coragem de VIVER, com suas limitações e capacidade, predominou.


Alícia

Recebido pela Magali em 25/03/2015
Revisão: Clovis